Auto Europe

  • BRASIL
  • Entre em contato com nossos especialistas

    ALUGUEL DE CARROS BARATO EM FLORENÇA

    Aluguel de carros em todo o mundo
    Alamo Rental Car
    Avis Car Rental
    Budget Rental Car
    Dollar Car Rental
    Europcar
    Hertz
    National Car Rental
    Sixt Rent a Car
    Aluguel de carros em todo o mundo
    Descubra as vantagens da Auto Europe
    • Compare as locadoras e encontre as melhores tarifas
    • Sem taxas de cancelamento até 48h antes da retirada
    • Sem taxas de cartão de crédito
    • Suporte através do Call Center 7 dias por semana
    • 24.000 locais de retirada em todo o mundo

    Aluguel de carros em Florença a preços baixos

    Capital da Toscana e berço do renascimento, Florença é a terceira cidade mais visitada pelos turistas na Itália, só ficando atrás de Roma e Milão. Em italiano é chamada de Firenze e já foi muitas vezes considerada uma das mais belas cidades do mundo. Abriga uma série de museus, palácios e igrejas, além de possuir uma relevância histórica significativa. Já foi um importante centro financeiro e comercial da Europa e também foi a casa de muitas figuras importantes, como Leonardo da Vinci, Michelangelo e Dante Alighieri. Não deixe de conhecer Florença e ficar imerso na elegância da cidade!

    Com um aluguel de carros em Florença, será possível descobrir uma das cidades italianas mais bonitas e além disso, viajar por toda a região da Toscana. Aproveite as ofertas da Auto Europe e veja o porquê de sermos uma empresa tão consolidada no mercado. Há mais de 60 anos no mercado internacional de aluguel de carros e trabalhando em parceria com as melhores locadoras, conseguimos oferecer os preços mais baixos para os nossos clientes. E, é claro, não abrimos mão do ótimo atendimento ao cliente, por isso a nossa central de reservas pode ser facilmente contatada através do número (11) 4560 7834, onde nossos agentes estão sempre prontos para ajudá-lo. Leia também nossa página com as opiniões sobre aluguel de carros em Florença e veja todas as avaliações dos nossos clientes.

    Como é o trânsito em Florença?

    Em primeiro lugar, é importante ressaltar que no centro histórico de Florença, o tráfego de carros é limitado, devido a sua relevância histórica e por ser protegida pela UNESCO. Nessa região se aplica a ZTL (Zona de Tráfego Limitado), onde existem portões eletrônicos que não podem ser atravessados de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 20h e aos sábados das 7h30 às 16h. Durante o verão, o período de restrição é ainda maior. A região é controlada por câmeras 24h por dia e, caso as regras não sejam respeitadas, você pode ser multado. Para saber todas as regras de condução na Itália, confira nossa página específica sobre esse assunto e não tenha medo de dirigir em outro país.

    A boa notícia é que o centro de Florença é pequeno e pode ser facilmente visitado a pé. Isso significa que, mesmo que você utilize pouco um carro para se locomover pela cidade, com certeza alugar um carro em Florença será bastante útil para conhecer toda a região da Toscana. Dessa maneira, você poderá conhecer a Torre de Pisa, conferir as paisagens da região e explorar os pequenos vilarejos históricos que envolvem a cidade.

    Onde posso estacionar ao alugar um carro em Florença?

    Como o tráfego no centro de Florença é limitado, encontrar uma vaga de estacionamento pode ser um pouco difícil. Existem várias garagens particulares na parte central, com tarifas diárias ou noturnas, dependendo da sua necessidade. Caso queira deixar o seu carro na rua, preste atenção nas placas de sinalização, pois existem zonas que podem ser gratuitas, porém outras são pagas. Nesse caso, você precisa comprar o bilhete no parquímetro e deixá-lo no painel do carro, à vista. Preste atenção, também, na cor das linhas do chão, pois os espaços marcados em branco só podem ser ocupados por residentes; os amarelos são reservados para as pessoas com deficiência; e os azuis são pagos de segunda a sábado, das 8h às 20h. Após às 20h nos dias úteis e durante o dia todo aos domingos e feriados, os lugares com faixa azul são gratuitos. Por fim, existem ainda alguns locais de estacionamento gratuito um pouco mais afastados do centro da cidade. Dessa maneira é possível deixar o seu carro nesses locais e pegar o transporte público para chegar até a parte central.

    Aeroporto de Florença

    O Aeroporto de Florença, também chamado de Aeroporto Firenze-Peretola por estar localizado no bairro de mesmo nome, é o segundo maior aeroporto da Toscana em termos de passageiros, ficando somente atrás do Aeroporto de Pisa. Está apenas 7 km distante do centro de Florença, o que é facilmente percorrido em 20 minutos de carro. A principal companhia aérea que opera no aeroporto é a Vueling. Anualmente, quase 3 milhões de passageiros utilizam o Aeroporto de Florença.

    Aeroporto de Florença (FLR)
    Nome oficial: Aeroporto di Firenze-Peretola
    Website: www.aeroporto.firenze.it/en/
    Endereço: Via del Termine, 11, 50127 Florença FI, Itália
    Telefone: +39 055 30615

    O que fazer em Florença

    O Centro Histórico de Florença foi declarado como Patrimônio Mundial pela UNESCO e possui muitas belezas que todos os anos encantam os turistas. É um lugar recheado de história, misturado com maravilhas da arquitetura, que possui obras dos mais renomados artistas, como Brunelleschi e Michelangelo. Selecionamos as principais atrações, que não podem ficar de fora da sua lista de turismo em Florença, porém existem ainda muitas outras, mais afastadas do centro, por exemplo, como passar um dia nas colinas e admirar a vista da cidade.

    • Praça do Duomo (Catedral): situada no coração da cidade, é uma das principais atrações de Florença. Nós diríamos que é impossível passar por esse lugar e não ficar impressionado com a grandiosidade e imponência das construções. Em primeiro lugar, é claro, a Catedral de Santa Maria del Fiore, que é a terceira maior igreja de todo o mundo. Demorou décadas para ser construída por completo, sendo inaugurada em 1434. É possível entrar na catedral e também subir até a cúpula, porém o caminho até lá é feito somente através das escadas e é bastante estreito e fechado, por isso é preciso persistência e coragem. Felizmente, todo o esforço é recompensado com a incrível vista de 360º para Florença, que somente a cúpula proporciona.

    • Galeria Uffizi: é um dos mais importantes museus do mundo e, consequentemente, o mais visitado de Florença. A Galeria Uffizi possui coleções de pinturas e esculturas que vão desde a Idade Média até a Idade Moderna, sendo que a parte mais famosa é a do período do Renascimento. Contém obras de Leonardo da Vinci, Botticelli, Michelangelo, Raffaello, Caravaggio, entre outros artistas renomados. Para uma experiência completa, é possível fazer a visita guiada e ter todas as informações sobre as obras do museu.

    • Ponte Vecchio (Ponte velha): esse lugar icônico é um dos cartões postais de Florença e é a ponte mais velha da cidade. A sua forma definitiva foi construída em 1345 e é uma ponte de pedra, composta por três arcos. As lojas da ponte sempre foram ocupadas, primeiramente por açogueiros e, posteriormente, devido ao mau cheiro, eles foram substituídos por joalheiros e ourives. As pequenas estruturas de madeira que se projetam sobre o rio, anexas à ponte, foram construídas justamente porque esses comerciantes precisavam de mais espaço para armazenamento e exposição de mercadorias. E é examente essa característica que traz o charme da ponte e conferiu sua fama que atrai milhares de turistas todos os anos. O que está esperando para conhecê-la pessoalmente?

    • Praça da República: antigamente era onde ficava o mercado da cidade e atualmente, além da beleza das construções, é possível encontrar uma infinidade de cafés, bares e resturantes ao redor da praça. Isso faz dela o lugar perfeito para uma pausa no seu dia de turismo. Aproveite para sentar e admirar a estrutura mais imponente da Praça da República, que é o Arco da Abundância.

    As melhores viagens curtas com meu aluguel de carros em Florença

    Com um aluguel de carros em Florença, você poderá aproveitar todas as maravilhas da região da Toscana com o máximo de conforto e flexibilidade possível. Nos arredores da cidade existem muitos lugares históricos que são de difícil acesso por transporte público, por isso com a Auto Europe você conseguirá ver todos eles e admirar as mais belas paisagens. Aqui vão algumas sugestões de destinos para passeios de um dia, partindo de Florença:

    Siena

    Por ser uma cidade pequena, você conseguirá facilmente visitá-la em um dia, num bate-volta de Florença, que fica a pouco mais de 70 km de distância. Algumas atrações que merecem sua atenção são a praça principal (Piazza del Campo) com o Palazzo Público, a catedral e a Torre del Mangia. Siena está próximo de muitos outros pequenos vilarejos da região da Toscana, por isso você pode fazer pequenos desvios no caminho de ida ou de volta, para explorar e descobrir as belezas do interior da Itália.

    San Gimignano

    Você não se arrependerá ao incluir essa pequena cidade no seu roteiro pela Toscana. Isso por dois motivos: o caminho até lá, partindo de Florença, possui paisagens lindíssimas, com várias vinícolas; e, como a cidade é medieval e possui mais de mil anos de história, ao visitá-la você terá a impressão de estar no cenário de um filme. San Gimignano não tem uma lista interminável de atrações turísticas, porque a própria cidade já é a atração. Se deixe encantar pelas construções medievais em pedra e visite também a praça principal, chamada de Piazza della Cisterna.

    Pistoia

    Apenas 42 km separam essa cidade de Florença, mas não pense que pela proximidade, você encontrará apenas uma continuação da capital da Toscana. Essa cidade possui sua própria identidade, cheia de atrações e belezas, o que a trouxe, em 2017, o título de Capital Italiana da Cultura daquele ano. Os prédios são construídos em pedra e alguns pontos a não perder na cidade são a Piazza del Duomo, a Catedral de São Zeno e o Battistero de São Giovanni. Por fim, uma boa época para visitar Pistoia é durante o festival de música que acontece anualmente, chamado de Pistoia Blues.

    Pisa

    É claro que não podíamos deixar de fora um dos mais importantes destinos da Europa. Pisa fica a menos de 100 km de Florença, por isso é fácil encaixar no seu roteiro. A principal atração da cidade é a Torre de Pisa e isso não é novidade para ninguém. A supresa você terá quando chegar lá e puder admirar de perto essa incrível construção de 1173. A inclinação da torre se deve a uma falha na fundação do solo, porém desde então, ela já passou por várias obras de reforço estrutural a fim de garantir a segurança para que não desabe.

    Como andar ou se locomover pela cidade de Florença

    A parte do centro histórico de Florença é um verdadeiro museu a céu aberto. Por isso, a maneira mais eficaz de se locomover nessa região, para não perder nenhum ponto turístico, é a pé. Caso você precise viajar distâncias mais longas, é claro que existem opções de transporte público. São elas os ônibus, metrôs de superfície (tram) e táxis. Para utilizar os ônibus, você precisa comprar os bilhetes e validá-lo ao entrar no veículo. A compra pode ser feita na sede da empresa ATAF, em tabacarias espalhadas pela cidade, ou então com o próprio motorista do ônibus, porém essa última opção é mais cara. Os metrôs de superfície possuem duas linhas, a T1 e a T2, que operam das 5h30 da manhã até a meia-noite e meia. A linha T1 liga o centro da cidade com o bairro Scandicci, localizado na região metropolitana de Florença. Já a linha T2 faz a conexão entre o centro e o aeroporto. Caso você busque mais conforto ou esteja com tempo limitado, também é possível pegar um táxi, porém essa opção pode ter um custo bastante elevado. As tarifas são mais baratas durante os dias da semana e mais caras aos finais de semana.

    Links úteis

    Site Oficial de Turismo